Não vejo a miséria que existe




Não vejo a miséria que existe, mas a beleza que ainda resta.


Ana Frazao

Nenhum comentário:

Postar um comentário